A inspiração e a história de nossa Ordem podem ser rastreadas por mais de cem anos! Nossas raízes remontam ao bispo Vernon Hereford, bispo católico independente em Oxford, Inglaterra, que em 1898 fundou uma Ordem Franciscana para viver entre os pobres e a classe trabalhadora em Oxford. O foco principal do bispo Hereford era o ecumenismo, juntamente com o pacifismo, a anti-vivissecção e os direitos humanos. Em 1963, a Ordem chegou aos Estados Unidos como a Comunidade do Amor de Cristo (C.L.C.), esforçando-se para continuar o trabalho do Bispo Hereford.

Em 1988, várias pessoas se uniram para fundar a Ordem Ecumênica da Caridade como uma comunidade filiada à CLC, dedicada aos carismas de serviço originais: o ecumenismo no sentido mais amplo e o governo pelos membros, em vez de uma hierarquia. As duas comunidades permaneceram em comunhão uma com a outra até que a Comunidade do Amor de Cristo se suprimisse.

Nós também somos herdeiros espirituais, das Beguinas e Beghards da Idade Média. Estes eram grupos de leigas e leigos em toda a Holanda e países Baixos que viviam vidas monásticas sem votos formais ou laços oficiais com a Igreja. Eles viviam, não no campo, como outras ordens religiosas do dia, mas nas cidades, para estarem disponíveis aos necessitados. Era a sua vida em comum, a compreensão da sua vocação particular e o anseio de satisfazer as necessidades de Deus que as uniame numa comunidade.

A Ordem da Caridade olha para trás com gratidão aos seus antepassados ​​e às suas tradições de vida e serviço de inspiração, enquanto se move de forma proveitosa pelo século XXI.