O processo de tornar-se um Companheiro começa com uma aplicação à Ordem, referências de amigos e reflexões sobre algumas questões básicas sobre a sua compreensão da vida religiosa e da Ordem. Uma equipe de entrevistas falará você por telefone ou por meio de um Hangout do Google para ajudar você e nós a entender melhor sua vocação. Em seguida, fazem suas recomendações ao Diretor do Programa da Fundação, o irmão Daniel. Se uma vocação é discernida, você será convidado a se juntar a nós e começar o Programa da Fundação, que é dividido da seguinte forma:

1) Postulado: o postulado é um momento de discernimento mútuo contínuo, no qual se conhece melhor a Ordem e os companheiros te conhecem. O postulado começa todos os anos na Assembleia Geral em junho e tem a duração mínima de um ano. Pode começar o mais tardar em 1º de setembro.

2) Noviciado: O noviciado é o momento em que existe um certo nível de compromisso mútuo por parte do noviço e da comunidade. É um momento em que você reflete e interpreta os cinco votos da Ordem (Simplicidade de Vida, Pureza de Coração, Obediência, Não Violência e Cidadania Universal) e como eles serão vividos em sua vida diária. O noviciado começa todos os anos na Assembleia Geral em junho e tem a duração mínima de um ano.

Este processo pode ser adaptado para aqueles que têm experiência anterior em uma vida de votos em outra comunidade.

Se você tiver alguma dúvida ou quiser iniciar um diálogo sobre a possível adesão à Comunidade, envie-nos um e-mail através da seção Fale Conosco deste site e o Diretor do Programa Foundation, Irmão Aidan Daniel, iniciará essa conversa com você. Não hesite em consultar o site da nossa comunidade, alguém que você conheça e que também viaje pelo caminho do discernimento para uma vocação religiosa.